Publicado em Deixe um comentário

detecção de sons fetal através de ultra-som

Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som

Patente de Modelo de Utilidade para um APARELHO PARA DETECÇÃO PRENHEZ EM GRANDES ANIMAIS ATRAVÉS DO ULTRA-SOM, desenvolvido para facilitar o diagnostico precoce da prenhez em vacas e éguas, sendo eletrônico, cujas ondas contínuas que se refletem nas artérias, veias, paredes, vávulas e cavidades cardíadas, como também hemácias do fluxo sanguíneo, são enviadas para dentro do corpo do animal pelo transdutor e após refletida, retornam pelo próprio transdutor proporcionado sinais elétricos que são amplificados e provocam um som equivalente ao batimento cardíaco do feto; este transdutor é preso a um anel que é colocado no dedo do perito e este induz no animal fazendo apalpação transretal com grande confiança em obter um resultado positivo.
Página  de 1

Documento

RELATÓRIO DESCRITIVO DA PATENTE DE MODELO DE UTILIDADE PARA “APARELHO PARA DETECÇÃO DE PRENHEZ EM GRANDES ANIMAIS ATRAVÉS DO ULTRA-SOM”.
CAMPO DA INVENÇÃO:
A presente invenção, refere-se a lun aparelho de ultra-som de onda contínua para detecção de prenhez em bovinos e equinos através do Efeito Doppler. tendo como principal objetivo o de facilitar o diagnóstico precoce da prenhez em vacas e éguas. Seu desenvolvimento ocorreu dentro da tecnologia moderna da veterinária e eletrônica, caracterizando-o como um aparelho capaz de atender as atuais exigências e necessidades dos criadores, cooperativas, produtores, bem como das universidades e centros de pesquisa.
ESTADO DA TÉCNICA:
Como é de conhecimento, o método tradicional chamado de toque retal. requer que o perito faça a apalpação nos cornos uterinos, através das porções finais do reto, para verificar alterações de volume e textura na vesícula amniótica.As alterações constatadas, levam o perito a concluir se o animal está ou não prenhe.Tal método é inseguro, pois conduz à resultados falsos positivos, requer um perito altamente treinado; é demorado, só é confiável após’60 dias da cobertura; é oneroso para o produtor e nâo permite saber se o feto está vivo, como também pode matar o feto num trabalho errado. É fato conhecido, que animais prenhez requerem manejo e alimentação diferenciados daqueles nào-prenlies. Deste modo, a falsa prenhez diagnosticada pelo método tradicional causará enormes implicações econômicas.
Como de conhecimento a Patente EPOO 194488 publicado em 17.09.86. relata a invenção de um aparelho para verificação de prenhez de fêmea de animais domésticos, particularmente suinos ovelhas, cabra e vacas “consistindo de um emissor de ultra-som e receptor, em um estojo no qual se encontra um emissor de sinal e uma batería, onde emissor e receptor de um lado assim como emissor de sinal e batería de outro lado estão unidos por um cabo”, tem como inconvenientes:
a)    Utiliza princípio físico de ultra-som pulsado.
b)    Realiza detecção da prenhez pela reflexão das ondas ultra-sônicas pelo embrião. É colocado do lado de fora do corpo do animal.
c)    Informa ao usuário se a fêmea está prenhe através de um sinal luminoso ou sonoro (um apito). Nâo permite ao usuário saber nada sobre o feto. se está vivo ou morto e se é mais de um.
d)    Não infonna a partir de que idade é possível a detecção segura da prenhez.
e)    A detecção do lado de fora traz as complicações de contato ultra-sônico devido ao pelo dos animais e principalmente, devido ao intestino do animal que tem ar, o que impede a passagem das ondas ultra-sônicas.
DESCRIÇÃO OU SUMÁRIO DA INVENÇÃO.
O aparelho de ultra-som ora reivindicado, substitui com vantagens os inconvenientes acima mencionados, pois o emprego do ultra-som de ondas contínuas é simples, de fácil manejo, inócuo para o feto em formação, proporcionado um trabalho rápido, altamente confiável e permite concluir se o feto está vivo ou não.
O aparelho baseia-se no efeito Doppler das ondas contínuas, que se refletem nas artérias, veias, paredes, válvulas e cavidades cardíacas, como também nas liemácias do fluxo sangüíneo. Ondas mecânicas de frequência ultra sônica (2,215 Mhz) e de baixa potência, são enviadas para dentro do corpo do animal através de um transdutor e, após se refletirem nas artérias, veias, coração ou válvulas, retomam ao transdutor produzindo sinais elétricos que são amplificados e um som equivalente ao batimento cardíaco fetal pode ser ouvido pelo perito. Este método permite a detecção da prenhez em equinos após 22 dias da cobertura, e em bovinos, após 35 dias; assim, trazendo dias de antecedência, o que proporciona redução de despesas. O perito ao fazer a apalpação trasnretal, leva preso em seu dedo o transdutor ultra-sônico e realiza então a varredura sobre o útero, procurando os batimentos cardíacos fetais.
FUNCIONAMENTO DO INVENTO:
VANTAGENS DO INVENTO:

Vantagens e características de novidade da invenção, são apontados nas reivindicações que fazem parte desta solicitação. Porém, para melhor entender a nossa invenção, suas vantagens e os objetivos atingidos pelo seu uso, deverá fazer referência aos desenhos que também fazem parte desta, e ao material descritivo que os acompanham no qual são ilustrados e detalhados: Figura 1, ilustra a vista frontal do aparelho de ultra-som completo; Figura 2, ilustra a vista expandida do transdutor: Figura 3, ilustra o diagrama de blocos: Figura 4. ilustra o esquema eletrônico do transmissor; Figura 5. ilustra o esquema do pré-amplifícador de R.F e detector: Figura 6, ilustra o esquema do pré-amplifícador de audio e a Figura 7, ilustra o esquema do amplificador. De conformidade coin o quanto ilustram as figuras acima relacionadas, o aparelho de ultra-som de onda contínua para detecção de prenhez em bovinos e equinos através do efeito Doppler. objeto da presente patente, é constituído de uma caixa de alumínio (l) envolvida em capa de couro, dotado de furos (la) passantes para o som, tendo suporte para baterías (pilhas), alças de fixação (2), botão (3) liga desliga, tendo um cabo (4) condutor até o transdutor (5) disposto em um anel (6), sendo que o transdutor ultra-sônico (5) é montado em um tubo de metal ou corpo (3a), tendo uma tampa (5b), circuito impresso (5c) e cristal (5d), tendo na superfície a cerâmica piezoelétrica que opera como transmissor e receptor de ondas ultra-sônicas, na frequência de 2,2 Mhz, que
está conectado ao dito cabo (4) com revestimento especial e comprimento adequado sendo que o anel (6) vem permitir a fixação no dedo do operador ou perito.
O circuito eletrônico está localizado em uma única placa de circuito impresso alojado uo interior da caixa (1), sendo o mesmo composto de oscilador de radiofrequência (7) (R.F) de 2.2 Mhz: pré-amplificador de R.F. sintonizado (8): circuito detector e pré-amplificador de audio-frequência (A.F.) (9); amplificador de A.F. (10) e o alto falante (11). conforme diagrama de blocos ilustrado na figura 3. Tendo ainda, além do botão liga/desliga (3),uma saída (3a) tipo P2 para gravação externa; todo circuito é alimentado por seis pilhas comuns tipo AA de 1,5 V.
Numerosas vantagens e características do aparelho de ultra-som de onda continua para detecção de prenhez em bovinos e equinos através do efeito Doppler. foram explicadas na descrição anterior junto com os detalhes da estrutura e suas funções, os elementos de novidade são apontados nas reivindicações anexa; a exposição porém, é apeuas ilustrativa e mudanças podem ser feitas nos detalhes, especialmente enquanto concerne a formatura, arranjo das partes e dos componentes eletrônicos, mas sempre dentro do principio da invenção até a extensão completa indicada pelo conhecimento nas reivindicações que seguem;

REIVINDICAÇÕES.

1)    “Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som” sendo eletrônico, alimentado por pilhas comuns, caracterizado pelo fato de ser ultra-som de onda contínua que se refletem nas artérias, veias, coração ou válvulas, e retomam ao transdutor (5) produzindo sinais elétricos que são amplificados (7,8,9,10). e um som através do alto falante (11) equivalente ao batimento cardíaco fetal, sendo as ondas mecânicas contínuas de ífequência ultra sônica de 2.2 Mhz, numa potência <10 mW/cm”.
2)    “Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-) O som”’ conforme reivindicação l. caracterizado pelo fato de ser feito através de um
transdutor (5), ligado a um cabo (4) condutor conectado a caixa (1) revestida de couro, dotado de furos passantes (la) para o som, tendo alças de fixação (2), botão liga/desliga (3), saída (3a) para gravação.
3)    “Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-( ST som” conforme reivindicação 2. caracterizado pelo fato de o transdutor (5) ultra
sônico, ser constituído de um tubo metálico (5a), com tampa (5b), circuito impresso (5c) e cristal (5d), sendo dotado em sua superfície, a cerâmica piezoelétrica que opera como transdutor e receptor de ondas ultra-sônicas.
4)    “Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som’9conforme reivindicação, caracterizado pelo fato de utilizar princípio físico de ultra-som de onda contínua.
5)    “‘Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som’9conforme reivindicação, caracterizado pelo fato de realizar a detecção da prenhez pelo Efeito Doppler das ondas ultra-sônica refletidas pelo coração, artérias e cavidades cardíacas do embrião. É usado através de introdução transretal.
6)    “Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som” conforme reivindicação, caracterizado pelo fato de permitir ao usuário ouvir os batimentos cardíacos fetais. Proporciona informação sobre a frequência cardíaca fetal e se é mais de um, além de indicar se o feto está vivo ou morto.
7)    “Aparelho paia detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som39conforme reivindicação, caracterizado pelo fato de permitir de forma seguia e inequívoca, a constatação da prenhez em equinos a partir de 22 dias após a cobertura e 45 dias para bovinos.
8)    “Aparelho para detecção de prenhez em grandes animais através do ultra-som’9conforme reivindicação, caracterizado pelo fato de com o toque retal, o usuário leva preso no dedo o transdutor ultra-sônico e faz então uma varredura diretamente sobre a vesícula amniótica, permitindo assim a auscultaçâo direta dos batimentos cardiácos do feto em formação.

-ifeo\^o5
 


—III—I

 
RESUMO.
Patente de Modelo de Utilidade para um APARELHO PARA DETECÇÀO DE PRENHEZ EM GRANDES ANIMAIS ATRAVÉS DO ULTA-SOM. desenvolvido para facilitar o diagnostico precoce da prenhez em vacas e éguas, sendo eletrônico, cujas ondas contínuas que se refletem nas artérias, veias, paredes, válvulas e cavidades cardíacas, como também hemácias do fluxo sanguíneo, são enviadas para dentro do corpo do animal pelo transdutor e após refletida, retomam pelo próprio transdutor proporcionado sinais elétricos que são amplificados e provocam um som equivalente ao batimento cardíaco do feto: este transdutor é preso a mn anel que é colocado no dedo do perito e este introduz no animal fazendo apalpaçào transretal com grande confiança em obter um resultado positivo.

 
[FONTE]  https://www.escavador.com/patentes/666704/aparelho-para-deteccao-de-prenhez-em-grandes-animais-atraves-do-ultra-som

Publicado em Deixe um comentário

Arduíno GSM

O shield GSM Arduino conecta seu Arduino à internet utilizando a rede GPRS. Apenas encaixe o módulo sobre sua placa Arduino encaixe um cartão SIM de uma operadora que ofereça cobertura GPRS e siga algumas instruções simples para começar a controlar seu mundo através da internet. Você também pode fazer e receber chamadas de voz (um circuíto acessório de falante e microfone é necessário e não está incluído) e enviar e receber mensagens SMS.
Esta versão não vem com a antena integrada, mas sim com um conector para que você possa encaixar uma antena à placa.
Como sempre com o Arduino toda informação de cada elemento da plataforma, hardware, software e documentação, está disponível gratuitamente e open-source. Isto quer dizer que você pode aprender exatamente como ele é feito e utilizar seu desenho como ponto de partida para seus próprios circuítos.
 

  • Necessita uma placa Arduino (não incluída)
  • Voltagem operacional de 5V (fornecida pela placa Arduino)
  • Conexão com Arduino Uno nos pinos 2, 3 (Software Serial) e 7 (reset). Veja estas instruções para trabalhar com um Mega, Mega ADK, ou Leonardo.

O shield Arduino GSM permite que uma placa Arduino se conecte à internet, faça e receba chamadas de voz e envie e receba mensagens SMS. Utiliza um modem rádio M10 da Quectel (datasheet). É possível se comunicar com a placa utilizando comandos AT. A biblioteca GSM traz grande número de métodos para comunicação com o shield.
O shield utiliza os pinos 2 e 3 para comunicação serial com o M10. O pino 2 é conectado ao TX do M10 e o pino 3 ao RX. Veja estas instruções para trabalhar com um Mega, Mega ADK, ou Leonardo. o pino PWRKEY do modem é conectado ao pino 7 do Arduino.
O M10 é um modem de quatro bandas GSM/GPRS que funciona nas frequências de GSM850MHzGSM900MHz,DCS1800MHz e PCS1900MHz. Suporta protocolos TCP/UDP e HTTP através da conexão GPRS. Avelocidade máxima de donwload e upload da GPRS é de 85,6kbps.
Para realizar a interface com a rede celular a placa necessita de um cartão SIM fornecido por uma operadora. Veja a página de primeiros passos para informação adicional do uso do SIM.
A revisão mais recente da placa utiliza a pinagem 1.0 da revisão 3 do Arduino Uno.

Requerimentos de alimentação

É recomendado que esta placa seja alimentada com uma fonte externa que forneça entre 700 e 1000mA. Alimentar um Arduino com o shield GSM pela USB não é recomendado já que ela não é capaz de fornecer corrente suficiente.
O modem pode consumir picos de até 2A durante a transmissão de dados. Esta corrente é fornecida pelo capacitor laranja na superfície da placa.

Indicadores embarcados

O shield contém alguns LEDs de status:

  • On: indica que a placa está alimentada.
  • Statuts: acende quando o modem está alimentado e dados estão sendo transferidos de ou para a rede GSM/GPRS.
  • Net: pisca quando o modem está se comunicando pela rede de rádio.

Interafces embarcadas

O shield suporta AIN1 e AOUT1 como interfaces de entrada e saída áudio analógico. A entrada, exposta nos pinos MIC1P e MIC1N, pode ser utilizada tanto para entrada de microfone como de linha de áudio. Um microphone de electreto pode ser utilzado nesta interface. A saída, exposta nas linhas SPK1P e SPK1N, pode ser usada tanto por um receiver quanto por um falante. Através do modem é possível fazer ligações de voz. Para poder falar e ouvir você necessitará de adicionar um falante e um microfone (não incluídos).
Shield GSM Arduino
Na página 43 da documentação do modem, há um exemplo de circuíto de voz e som para conectar fones de ouvido:
Shield GSM Arduino
Shield GSM Arduino
Shield GSM Arduino
Há dois pequenos botões no shield. O botão identificado com “Reset” está ligado ao pino de reset do Arduino. Quando pressionado reiniciará o programa. O botão identificado como “Power” liga e desliga o modem.
Muitos dos pinos do modem estão expostos na parte posterior da placa. Eles fornecem acesso às funcionalidades do modem como saida de auto-falante e entrada de microfone. Veja o datasheet para informação completa.
Shield GSM Arduino
[Fonte]