Publicado em Deixe um comentário

Conectores Polarizados

Conectores Polarizados

Veja como funcionam os novos conectores polarizados

As placas do sistema Nanoshields produzidas a partir de junho de 2015 possuem conectores polarizados que impedem que os Nanoshields sejam conectados de forma invertida na Base BoardBase Board L e Base Boarduino.
Veja na imagem abaixo como ficam os conectores polarizados.

Encaixe com conector polarizado

Veja abaixo mais detalhes sobre como funcionam os conectores polarizados. Caso você possua um Nanoshield mais antigo, é muito simples convertê-los para o novo padrão: basta seguir os procedimentos descritos na seção Como converter um Nanoshield não polarizado.

Como funcionam os conectores polarizados

Os conectores dos Nanoshields são formados por duas fileiras de 15 pinos espaçados 2,54mm entre si (pitch de 2,54mm). A distância entre o eixo central das duas fileiras é de 15,24mm. Esse tipo de conectorização é muito prático por permitir o uso em protoboards, placas perfuradas e cabos com pitch de 2,54mm facilmente encontrados no mercado.
No esquema de conectorização antigo, o fato de cada slot ser um conjunto simétrico permitia que os módulos fossem conectados de forma invertida, exigindo um nível de atenção extra na hora da montagem para evitar erros. A figura baixo mostra um exemplo de conexão correta e um exemplo de conexão invertida no padrão antigo.

Conexões no padrão antigo (clique para ampliar)

Para sanar este problema, a partir de junho de 2015 todos os módulos são fabricados com conectorização polarizada, tornando os conectores assimétricos e impedindo a ligação invertida. Com essa mudança, um dos pinos de reset deixa de existir no conector macho, enquanto que no conector fêmea são usados polarizadores para bloquear o encaixe deste pino do lado invertido.
Visualizando placa pelo lado de cima, o pino polarizador é o terceiro pino a partir do canto superior direto (pino RS do lado direito). Veja as figuras abaixo ilustrando os novos conectores macho e fêmea.

Detalhe do pino ausente nos conectores macho

Pino ausente nos conectores macho

Polarizadores nos conectores fêmea (clique para ampliar)

Veja abaixo como essa nova configuração impede a conexão dos Nanoshields de forma invertida. A imagem à esquerda mostra um encaixe correto, enquanto a imagem à direita mostra como é impossível encaixar o pino polarizado do lado oposto.

Conexões no padrão novo (clique para ampliar)

Como converter um Nanoshield não polarizado

Se você possui um shield mais antigo e quer utilizá-lo com uma placa base que segue o padrão novo com polarizadores, basta cortar o pino com um alicate, conforme a figura abaixo. Procure usar um bom alicate e cortar bem rente à base do conector para obter um encaixe perfeito.

Cortando o pino do conector macho

Nanoshield antes e depois de cortar o pino

Como converter uma Base Board não polarizada

Se você é um de nossos clientes que possui uma Base Board, Base Board L, Bridge Board ou Base Boarduino convencional, e quer convertê-la para o padrão novo, basta adquirir os polarizadores na nossa loja virtual e encaixá-los conforme ilustrado nas imagens abaixo.

Pinos polarizadores

Posicionando os polarizadores

Encaixando os polarizadores
[Fonte]
Publicado em Deixe um comentário

Arduíno GSM

O shield GSM Arduino conecta seu Arduino à internet utilizando a rede GPRS. Apenas encaixe o módulo sobre sua placa Arduino encaixe um cartão SIM de uma operadora que ofereça cobertura GPRS e siga algumas instruções simples para começar a controlar seu mundo através da internet. Você também pode fazer e receber chamadas de voz (um circuíto acessório de falante e microfone é necessário e não está incluído) e enviar e receber mensagens SMS.
Esta versão não vem com a antena integrada, mas sim com um conector para que você possa encaixar uma antena à placa.
Como sempre com o Arduino toda informação de cada elemento da plataforma, hardware, software e documentação, está disponível gratuitamente e open-source. Isto quer dizer que você pode aprender exatamente como ele é feito e utilizar seu desenho como ponto de partida para seus próprios circuítos.
 

  • Necessita uma placa Arduino (não incluída)
  • Voltagem operacional de 5V (fornecida pela placa Arduino)
  • Conexão com Arduino Uno nos pinos 2, 3 (Software Serial) e 7 (reset). Veja estas instruções para trabalhar com um Mega, Mega ADK, ou Leonardo.

O shield Arduino GSM permite que uma placa Arduino se conecte à internet, faça e receba chamadas de voz e envie e receba mensagens SMS. Utiliza um modem rádio M10 da Quectel (datasheet). É possível se comunicar com a placa utilizando comandos AT. A biblioteca GSM traz grande número de métodos para comunicação com o shield.
O shield utiliza os pinos 2 e 3 para comunicação serial com o M10. O pino 2 é conectado ao TX do M10 e o pino 3 ao RX. Veja estas instruções para trabalhar com um Mega, Mega ADK, ou Leonardo. o pino PWRKEY do modem é conectado ao pino 7 do Arduino.
O M10 é um modem de quatro bandas GSM/GPRS que funciona nas frequências de GSM850MHzGSM900MHz,DCS1800MHz e PCS1900MHz. Suporta protocolos TCP/UDP e HTTP através da conexão GPRS. Avelocidade máxima de donwload e upload da GPRS é de 85,6kbps.
Para realizar a interface com a rede celular a placa necessita de um cartão SIM fornecido por uma operadora. Veja a página de primeiros passos para informação adicional do uso do SIM.
A revisão mais recente da placa utiliza a pinagem 1.0 da revisão 3 do Arduino Uno.

Requerimentos de alimentação

É recomendado que esta placa seja alimentada com uma fonte externa que forneça entre 700 e 1000mA. Alimentar um Arduino com o shield GSM pela USB não é recomendado já que ela não é capaz de fornecer corrente suficiente.
O modem pode consumir picos de até 2A durante a transmissão de dados. Esta corrente é fornecida pelo capacitor laranja na superfície da placa.

Indicadores embarcados

O shield contém alguns LEDs de status:

  • On: indica que a placa está alimentada.
  • Statuts: acende quando o modem está alimentado e dados estão sendo transferidos de ou para a rede GSM/GPRS.
  • Net: pisca quando o modem está se comunicando pela rede de rádio.

Interafces embarcadas

O shield suporta AIN1 e AOUT1 como interfaces de entrada e saída áudio analógico. A entrada, exposta nos pinos MIC1P e MIC1N, pode ser utilizada tanto para entrada de microfone como de linha de áudio. Um microphone de electreto pode ser utilzado nesta interface. A saída, exposta nas linhas SPK1P e SPK1N, pode ser usada tanto por um receiver quanto por um falante. Através do modem é possível fazer ligações de voz. Para poder falar e ouvir você necessitará de adicionar um falante e um microfone (não incluídos).
Shield GSM Arduino
Na página 43 da documentação do modem, há um exemplo de circuíto de voz e som para conectar fones de ouvido:
Shield GSM Arduino
Shield GSM Arduino
Shield GSM Arduino
Há dois pequenos botões no shield. O botão identificado com “Reset” está ligado ao pino de reset do Arduino. Quando pressionado reiniciará o programa. O botão identificado como “Power” liga e desliga o modem.
Muitos dos pinos do modem estão expostos na parte posterior da placa. Eles fornecem acesso às funcionalidades do modem como saida de auto-falante e entrada de microfone. Veja o datasheet para informação completa.
Shield GSM Arduino
[Fonte]