Arduíno

Módulo Wireless ESP8266 com Arduino

Com o Módulo Wireless ESP8266 você pode conectar o seu Arduino nas redes wireless 802.11 b/g/n, enviando e recebendo dados nos modos AP (Access Point/Ponto de acesso) e STA (Station), e neste tutorial vamos mostrar como configurar esse módulo como web server, enviando dados para um browser.
Módulo Wireless ESP8266
Esse módulo se comunica com o microcontrolador utilizando interface serial e seu firmware pode ser atualizado, se necessário. Possui ainda 2 pinos GPIO (General Purpose Input Output, ou Entrada e Saída de uso geral), permitindo que o módulo seja programado diretamente e a GPIO acionada sem a necessidade de uso de um microcontrolador.
Outras características do Módulo Wireless ESP8266:

  • Conexão à redes padrão 802.11 B/G/N
  • Alcance aproximado: 91 metros
  • Tensão de operação : 3.3 VDC
  • Comunicação serial: pinos TX e RX
  • Modos de operação : Cliente, Access Point, Cliente+Access Point
  • Modos de segurança wireless : OPEN/WEP/WPA_PSK/WPA2_PSK/WPA_WPA2_PSK.
  • Suporta comunicação TCP e UDP, com até 5 conexões simultâneas

O módulo possui antena embutida e um conector de 8 pinos, além dos leds indicadores de funcionamento (vermelho) e comunicação (azul):
Módulo ESP8266 - Pinos
Atenção para o nível de sinal utilizado pelo módulo, que é de 3.3V, assim o pino RX (Recepção serial) não pode ser ligado diretamente ao Arduino. Você pode montar um divisor de tensão com dois resistores, utilizando o calculador deste link.

Ligação do módulo ESP8266 ao Arduino

Na ligação do ESP8266 com o Arduino usamos um resistor de 1K entre o Vcc (3.3V) e o pino CH_PD (Chip Enable). Para o divisor de tensão, utilizamos 2 resistores de 10K, o que diminuiu a tensão do nível de sinal para um valor suficiente para os testes. Os dois push-buttons do circuito serão utilizados para enviar informações à uma página web, utilizando um web server. Os resistores utilizados nos botões também são de 10K.
Circuito Arduino e módulo ESP8266
Recomendamos a utilização de uma fonte externa para alimentação do módulo, pois dependendo da situação ele pode exigir até 300mA de corrente, e o limite do Arduino é de 50mA.
Programa web server ESP8266
Antes de carregarmos o programa do web server, vamos alterar a velocidade de comunicação (baud rate) do módulo, que por padrão está setada em 115200 (firmware versão 0.9.5). Nessa velocidade, a biblioteca Software Serial não foi capaz de realizar a comunicação adequadamente, por isso alteramos a velocidade para 19200, utilizando o programa abaixo.
Na linha 17 colocamos a velocidade padrão (115200), e na linha 25 setamos a nova velocidade (19200):

Nesse programa, é mostrado no serial monitor a versão de firmware do módulo e também se os comandos foram processados com sucesso:
Serial_monitor_Baud_Rate
No programa vamos utilizar a biblioteca SoftwareSerial para efetuar a comunicação com o módulo usando os pinos 2 (RX) e 3 (TX). Assim, podemos utilizar o serial monitor para acompanhar o envio dos comandos ao módulo. Na linha 18 do programa, substitua as informações de SSID (nome da rede wireless) e SENHA pelas informações da rede à qual o módulo irá se conectar.

Acompanhe no serial monitor as informações de conexão ao access point (AP) e também o endereço IP obtido pela placa.
Serial Monitor
Para testar o funcionamento do circuito, abra um browser (Chrome, Firexox, etc) e digite na barra de endereços o endereço IP que foi mostrado no passo anterior, no nosso caso, 192.168.0.27:
ESP8266 - Browser
Acione os botões do circuito para que as informações correspondentes sejam enviadas ao browser. Devido à taxa de atualização, as informações podem demorar alguns segundos para aparecer na tela. Abaixo, temos uma imagem do circuito que utilizamos para montar este post:
Circuito montado
 
[Fonte]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *